(51) 3333-4670
banneral banneral2 banneral3

Existe uma verdade universal: bebês choram, por diversas razões: fome, frio, sono, calor, dor, incômodo ou ainda porque querem aconchego e carinho. Nos primeiros dias de vida, às vezes, é difícil identificar os motivos do choro, mas com o tempo, os pais aprendem a reconhecer as necessidades do seu bebê e conseguem tranquilizá-lo.

 

Segundo a Pediatra Intensivista, Ora. Bárbara Simionato, a cólica do lactente é o termo que os pediatras utilizam quando o bebê chora muito mais do que o usual, sem um motivo definido,durante seus três primeiros meses de vida. Não existe um motivo bem estabelecido, mas se imagina que muitos fatores estejam envolvidos, e um deles é a imaturidade física dos órgãos do bebê. Existem muitos mitos sobre as cólicas.

 

Verdades

 

  • A cólica geralmente surge de maneira súbita, no final do dia, e dura em média 2-3h de choro, agitação e irritação (parece durar muito mais do que isso, né?)
  • O choro da cólica é diferente do choro por outras necessidades. Geralmente, o choro por cólica é mais alto, agudo e pode ser acompanhado de rigidez nos braços e pernas e arqueamento do corpo para trás.
  • A cólica tem data para acabar! Aparece nas primeiras semanas de vida, costuma reduzir em intensidade depois da sexta semana, e geralmente desaparece depois dos 3-4 meses de vida. Por isso, força, que esse período crítico vai passar!
  • A cólica pode mexer psicologicamente com os pais. Verdade! Muitas vezes, a mãe e o pai se sentem exaustos, culpados ou incapazes de cuidar do seu filho durante um episódio de cólica. Quando você se sentir assim, peça ajuda!
  • É possível aliviar sem medicações! Ambiente tranquilo com música suave, movimentos nas pernas do bebê tipo "pedalar no ar" e massagem em sentido horário na barriguinha do bebê, compressas mornas corn panos quentes ajudam a tranquilizar. Apoiar barriga com barriga ou ainda apoiado de bruços na extensão do braço dos pais ajuda a tranquilizar o bebê.

 

Mitos

 

  • "Oferecer chá ao bebê alivia a cólica': Mito. Oferecer chá ao bebê não resolve a cólica e pode prejudicar a amamentação.
  • "Cólica pode dar febre': Mito: As cólicas do lactente não causam febre. Em caso de febre, você deve levar o bebê à consulta médica, principalmente nos dois primeiros meses de vida em que a imunidade do bebê ainda é muito frágil.
  • "Todas as mães cujos bebês têm cólicas devem fazer exclusão de alimentos alerqenos" Mito: Nem todas as mães precisam fazer dietas com restrições alimentares específicas: converse com seu pediatra para saber se é seu caso.
  • "Cólica pode apresentar sangue nas fezes". Mito: Sangue nas fezes é um sinal de alerta para algumas doenças do trato gastrointestinal e não fazem parte do quadro de cólica.
  • "Existe exame de sangue e de imagem para fazer diagnóstico de cólica': Mito: o diagnóstico de cólica do lactente é feito pelo histórico clínico e exame do bebê. Se o pediatra desconfiar de alguma doença no seu bebê que esteja causando irritabilidade e choro excessivo, ele irá solicitar exames específicos para isso.
  • "O bebê com cólica chora para manipular a mãe". Mito: já vimos anteriormente que o bebê com cólica chora ... porque chora! Não há uma razão intencional para isso.
  • "Meu bebê vai ser mimado se eu pegá-Ia por muito tempo no colo". Nos primeiros meses de vida, o bebê precisa de colo e aconchego. Existirá o momento correto para educá-lo através dos limites, então fique tranquila (o) quanto a isso!
  • "Cereais/mucilagens adicionados ao leite melhoram a cólica': Mito: Os cereais e as mucilagens devem ser inseridos apenas no momento correto da introdução alimentar. Antes disso, não apresentam benefícios para o bebê e podem causar prejuízos.
  • "Vou parar de amamentar e usar a fórmula para reduzir a cólica" Não faça isso. O bebê que recebe aleitamento materno pode ter um pouco mais de cólica, entretanto apresenta incontáveis benefícios que o leite materno traz!

SOBRE a MÉDICA

Possui graduação em Medicina pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (1993) e especialização profissional em...

A CLÍNICA

Av. Goethe, 21 conj. 604 - Moinhos de Vento | Próximo ao Parcão | Aceitamos...

DOWNLOADS

BAIXAR