(51) 3333-4670
banneral banneral2 banneral3

Apesar de toda a crise na saúde, os médicos são os profissionais em quem a população brasileira mais confia. É o que aponta pesquisa feita pelo Instituto Datafolha, divulgada no dia 23 de novembro. O trabalho, feito a pedido do CFM, registra que essa é a percepção de 26% dos brasileiros.

 

O questionário foi aplicado com 2.089 pessoas entre 31 de agosto e 3 de setembro. em todas as regiões do País. em áreas metropolitanas e no interior.

 

DIFICULDADES PARA O TRABALHO MÉDICO

 

Ao mesmo tempo em que confia nos médicos. a população reconhece que esses profissionais têm sua atuação prejudicada devido à falta de condições estruturais. Para 94% dos entrevistados. a qualidade do trabalho do médico é afetada por problemas. como as precárias condições de trabalho (41%).pelos baixos salários e pela corrupção na área de saúde (33%. cada uma) e pela má gestão da saúde pública (28%).

 

Também foram apontados como fatores que impedem o pleno exercício da Medicina: a falta de acesso a exames e tratamentos de complexidade (25%); a falta de fiscalização (24%) de clínicas e de hospitais; e a ausência de leitos para internação no SUS. entre outros problemas. As condições de trabalho foram apontadas como os principais problemas para os moradores do Norte e Centro-Oeste. de regiões metropolitanas. mulheres. entre 25 a 34 anos e com nível superior.

 

RECONHECIMENTO DA POPULAÇÃO

 

Para o presidente do CFM. Carlos Vital os resultados revelam que a população "reconhece o mérito na rotina da prática médica, visualiza a perícia, a diligência, a prudência, a humildade e a compaixão nos esforços profissionais dispendidos" Segundo ele. "apesar dos aviltamentos. das difamações da categoria médica e das deserções dos postulados morais por parte de poucos médicos, a população ainda preserva a outorga de crédito à imensa maioria da classe".

 

Pesquisa confirma que saúde é o principal problema

 

Nenhuma surpresa. A saúde é mesmo o principal problema do País na visão dos brasileiros. É o que mostra a pesquisa do Instituto Datafolha. O levantamento registra que essa é a opinião de 37% da população. que coloca suas preocupações com a corrupção (18%) e com o desemprego (15%) em segundo e terceiro lugares. respectivamente.

O trabalho aponta. ainda. que a percepção da qualidade dos serviços de saúde (públicos e privados) é negativa. Para 65% dos entrevistados. esta área merece os conceitos de ruim e péssimo.

 

Para mudar este cenário com respeito à saúde. a população cobra do governo um elenco de medidas. Entre elas. é vista como prioridade máxima o combate à corrupção (65%). o aumento no número de profissionais de saúde (58%) e a maior disponibilidade de leitos (50%).

 

Outros pontos destacados são: destinar mais recursos para a saúde (47%). facilitar o acesso aos medicamentos (47%). qualificar os profissionais da saúde (46%). contratar mais médicos (45%) e melhorar a infraestrutura de hospitais e prontos socorros (44%).

 

Fonte: Revista CREMERS

SOBRE a MÉDICA

Possui graduação em Medicina pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (1993) e especialização profissional em...

A CLÍNICA

Av. Goethe, 21 conj. 604 - Moinhos de Vento | Próximo ao Parcão | Aceitamos...

DOWNLOADS

BAIXAR