(51) 3333-4670
banneral banneral2 banneral3

Vereador da capital encaminha projetos para conscientizar população em relação a duas doenças cada vez mais comuns: câncer de colo uterino e Parkinson

 

O câncer de colo de útero é uma doença que não deveria existir. Ele pode ser prevenido e evitado com a realização do teste de Papanicolau. Isto porque a lesão demora três anos para se transformar em câncer e, se diagnosticado neste período, tem 100% de cura. Então, por que a doença é a segunda que mais mata mulheres no País? Simples, porque o exame não é feito com regularidade. Este contexto mobilizou uma pesquisa realizada no bairro Restinga, na capital, com 600 mulheres. O levantamento descobriu as duas principais causas do preventivo não ser realizado são incômodo durante o exame ou porque o posto de saúde não oferece o procedimento. 

 

Para reverter esta situação, o vereador porto-alegrense Humberto Ciulla Goulart (PTB), conhecido como Dr. Goulart, encaminhou um projeto de lei para criar uma campanha com o objetivo de informar a população feminina sobre a necessidade premente de efetuar, anualmente, o exame preventivo. A campanha consistirá na distribuição de folhetos informativos e na realização de palestras educativas sobre a prevenção da doença e de seminários para discussão de estratégias que possibilitem a erradicação gradativa desse grande problema de saúde pública em Porto Alegre.

 

Também precisa ser investigado porque os postos de saúde não oferecem o exame que é pago pelo governo federal sem limite, ou seja, conforme a demanda exige. Outra preocupação do vereador, que também é ginecologista, obstetra e mastologista, é com a precocidade da primeira relação. O levantamento confirmou que muitas meninas iniciam a vida sexual aos 12 anos e sem preservativo, o que é uma porta aberta para doenças como sífilis e AIDS, que vêm crescendo em Porto Alegre.

 

Parkinson Um segundo projeto busca conscientizar sobre o mal de Parkinson. Degenerativa e incurável, a doença acomete homens e mulheres de todas as idades. 

 

A Semana Municipal de Conscientização sobre a Doença de Parkinson pretende incentivar a realização de eventos com a participação de portadores, familiares, cuidadores e médicos especializados na doença, proporcionando a troca de experiências e de informações. O propósito é promover campanhas educativas, visando à conscientização e à divulgação da importância do diagnóstico e do tratamento, além de abordar os diversos problemas vividos por seus portadores. É fundamental conscientizar médicos para o diagnóstico precoce, que é difícil no primeiro momento, e a população para o tratamento, o qual melhora a qualidade de vida. Outro ponto de destaque é a criação de grupos de apoio para os doentes e familiares, pois a depressão é comum neste grupo.

 

Fonte: VOX Médica | Setembro 2016

SOBRE a MÉDICA

Possui graduação em Medicina pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (1993) e especialização profissional em...

A CLÍNICA

Av. Goethe, 21 conj. 604 - Moinhos de Vento | Próximo ao Parcão | Aceitamos...

DOWNLOADS

BAIXAR