(51) 3333-4670
banneral banneral2 banneral3

Diferenças entre a Gripe Comum e a Influenza A (H1n1)

 

 

    • Quem deve tomar a vacina?

É considerado grupo prioritário para a vacina da gripe os idosos (acima de 60 anos); 

Gestantes; mulheres no período de até 45 dias após o parto (puerpério), mesmo que estejam amamentando; 

Crianças entre seis meses e cinco anos de idade; profissionais de saúde; transplantados; 

Doentes crônicos (pessoas que têm diabetes, asma, bronquite e HIV/AIDS).

    • Qual a diferença entre a vacina trivalente e a tetravalente?

Há duas vacinas disponíveis hoje: a trivalente e a Tetravalente. Ambas protegem contra os vírus da gripe A, o H1N1 e o H3N2. A diferença está nas cepas do vírus do tipo B contida nas duas vacinas.

A trivalente protege apenas contra o subtipo Brisbane do vírus Influenza B. Já a tetravalente, além de proteger contra este tipo, também protege contra o subtipo Phuket do vírus Influenza B.

    • Quem tomou a trivalente pode tomar a tetravalente?

Pode, se quiser. Quem optar por tomar a tetravalente receberá proteção contra mais um subtipo do vírus Influenza B. Mas deve guardar um intervalo de pelo menos um mês entre as duas doses.

    • Quem tomou a vacina em 2015 precisa tomar em 2016?

Sim, pois a vacina tem validade de um ano. Além disso, os vírus foram modificados de acordo com a maior incidência deles.

As duas vacinas (2015 e 2016) conferem proteção contra os vírus A (H1N1) e A (H3N2). Porém, é aconselhável, SIM, tomar a vacina de 2016. Lembrando que deve haver um intervalo de um mês entre as duas vacinas.

    • Quanto tempo leva para a vacina fazer efeito?

Uma média de duas a três semanas.

    • Quem está com febre pode tomar a vacina? E quem está tomando antibiótico?

Recomenda-se que as pessoas com febre aguardem a resolução do processo para receber a vacina. Quem está tomando antibiótico deve conversar com seu médico e seguir as orientações.

    • Quais as contraindicações para a vacina?

As pessoas que já tiveram a síndrome de Guillain-Barré e aquelas com alergia grave ao ovo não devem receber a vacina.

Quem está com imunodepressão, natural ou medicamentosa (pacientes em quimioterapia ou imunoterapia), deve receber orientações específicas do seu médico.

    • Vacina da gripe causa gripe?

Não. A vacina é composta por fragmentos dos vírus ou por vírus mortos, e por isso não dá gripe. Ocorre que, como a vacina é aplicada em uma época em que há muitos vírus circulando, as pessoas ficam resfriadas – mas certamente por outros vírus que não os contidos na vacina.

    • Quais os principais efeitos colaterais da vacina?

A vacina da gripe em geral não apresenta efeitos colaterais. As reações são raras, mas podem ocorrer nas primeiras 24 horas após a vacinação e desaparecem espontaneamente em um ou dois dias. 

Algumas pessoas podem apresentar febre, mal-estar e um pouco de dor no local da aplicação.

 

Fonte: www.unimedpoa.com.br

SOBRE a MÉDICA

Possui graduação em Medicina pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (1993) e especialização profissional em...

A CLÍNICA

Av. Goethe, 21 conj. 604 - Moinhos de Vento | Próximo ao Parcão | Aceitamos...

DOWNLOADS

BAIXAR